Vamos promover a acessibilidade em nossos eventos esportivos?

Segundo os dados do último Censo realizado pelo IBGE, no Brasil existem 45 milhões de pessoas que possuem algum tipo de deficiência. Isso é quase 30% da nossa população. Por isso, é extremamente importante pensar em tornar seu evento acessível e essa é uma questão a ser pensada ao desenvolver o projeto do evento.

Atualmente, a maior parte dos eventos esportivos contam com categorias específicas para Pessoas com Deficiência (PcD), mas mesmo que seu evento não conte com uma dessas categorias, com certeza, há alguém em seu público que precisa dessa atenção especial.

Se tornar acessível é permitir que todas as pessoas consigam chegar até o local do seu evento e se locomover de forma segura autônoma durante a competição, garantindo conforto a todo o público, sem exceção.

Paratleta de ciclismo

Por isso fizemos esse artigo de hoje todo dedicado a transformar o seu evento num espaço de acessibilidade. Vamos começar?

#01 Por que se preocupar com essa questão social?

O Brasil ainda é um país pouco engajado nas causas de acessibilidade, em que os deficiente enfrentam desafios diários para cumprirem suas rotinas, mesmo que exista um número alto de pessoas com algum tipo de deficiência no país.

Esse é um público que também se interessa por lazer e esportes, como grande parte da população, e, por isso, se você não pensa nessa questão, pode estar deixando de receber um amplo público e, assim, alcançando menor lucratividade.

Além disso, um espaço que não é apropriado para receber pessoas que possuem a mobilidade reduzida ou uma necessidade especial pode causar constrangimentos e até mesmo acidentes.

E é por isso que você precisa estar preparado para receber com todo carinho todas os participantes do seu evento, permitindo que todos possam acompanhar uma grande competição sem restrições.

Apostar na acessibilidade em seu evento pode se tornar um de seus diferenciais, aumentando ainda mais seu público fiel.

Cadeirante

E o que você pode fazer na sua estrutura para se tornar acessível? Vamos ver agora!

#02 Analise o local do evento e veja quais são os ajustes necessários

Após a escolha do local ideal para a realização do seu evento, verifique se o espaço permite que público que possui mobilidade reduzida conseguirá se locomover com facilidade ou, ainda, se conseguirá chegar até o local do evento sem maiores problemas.

Se o espaço não possuir elementos que permitem a acessibilidade de todos os participantes, contrate equipamentos móveis, como cadeiras especiais e rampas, para serem instalados no local. Se não houver banheiros especiais, contrate banheiros químicos específicos para esse público.

Se houver arquibancadas no local, reserve os primeiros assentos para o público PcD e seus acompanhantes e verifique se a praça de alimentação oferece acesso facilitado e diferenciado.

Preocupe-se com os deficientes visuais e auditivos também. Normalmente, os deficientes visuais já andam acompanhados com seus guias, mas você pode facilitar ainda mais o acesso deles a seu evento, com informações no local em braile, cardápios da praça de alimentação, uma narração especial, etc. Já para os deficientes auditivos, garanta que você possui pelo menos uma pessoa em sua equipe que é fluente em libras.

Todos esses cuidados demonstram que a organização do seu evento foi feita de pessoas para pessoas, com toda atenção para cada ser humano que estará presente ali.

Vaga para deficientes físicos

#03 Faça as inscrições online

Todos os participantes do seu evento, sem exceção, possuem rotinas, trabalham, treinam, têm compromissos, família, etc. Se locomover até um local específico para fazer inscrição pode ser um transtorno e atrapalhar todos os afazeres do atleta. Mas para os participantes que possuem algum tipo de deficiência pode ser um problema ainda maior.

Por isso, disponibilizar as inscrições online vai facilitar a vida de todo mundo, mas especialmente das pessoas com deficiência, que não precisarão se deslocar para garantir sua vaga.

E esse processo também vai facilitar a sua vida, enquanto organizador de eventos. Vai ser muito mais fácil organizar e arrecadar o dinheiro das inscrições, além de facilitar também no credenciamento na entrada do evento.

Aliás, falando sobre o credenciamento, ofereça uma fila especial para atender o público PcD.

Notebook sobre mesa com caderno e chaveiro

#04 Fale com todo o seu público

Esteja atento para o fato de que pessoas com diferentes deficiências estarão presentes no local, inclusive com acompanhantes. Facilite o acesso ao seu evento através da divulgação. Informe o local, data, horário, programação e dê atenção especial ao fato de você estar se preparando para ser acessível.

Divulgue em várias plataformas para que seu evento consiga atingir diversos públicos, mas as redes sociais farão a diferença nessa estratégia, pois o público com deficiente visual, por exemplo, conseguirá compreender com mais facilidade suas informações e seu convite.

Deixe claro que você está preparado para receber todo mundo, faça uma comunicação que demonstre o quanto seu evento é acolhedor e, principalmente, acessível.

App Facebook com notificações

#05 Facilite a locomoção para o local do evento

Durante as inscrições tente coletar informações sobre como o seu público pretende chegar até o local do evento. Vão de ônibus, veículos particulares, locação de vans, a pé, bicicleta, carona?

Compreender esse fator pode ser a chave para atrair ainda mais pessoas para participar do evento. Você pode buscar apoio do governo municipal para disponibilizar transportes adaptados, sinalizar as entradas especiais, fazer parcerias com empresas de transportes ou taxistas, etc.

Tudo isso pode ser importante no momento de divulgar seu evento, pois você terá diferenciais e facilidades para que o público chegue até você.

O espaço deve ser muito bem sinalizado, com placas indicativas, informações em braile, tradutores de libras, mapas e guias indicativos do local, espaços especiais, etc. Deixando tudo sinalizado, você permite que o público PcD do seu evento conseguirá se movimentar com mais autonomia no espaço.

Paratleta de atletismo

#06 Promova a inclusão

Um evento esportivo que se preocupa com acessibilidade toca em um dos principais temas de debates sociais da sociedade brasileira atualmente: a inclusão. O esporte é um dos principais instrumentos de inclusão e, por isso, é tão importante ter esse cuidado.

Já que o esporte promove a consciência de trabalho em grupo, a interatividade e a sensação de conquista. Por isso, se preocupar com acessibilidade dos deficientes em seu evento é uma questão que vai muito além de aumentar o número das inscrições, mas se torna uma questão de relevância social.

Você demonstrará que se preocupa muito mais em promover boas experiências para o seu público, que se dispôs a participar e valorizar seu evento.

Se você não possui categorias específicas para pessoas com deficiência, pode dedicar um stand do seu evento a ensinar a prática para esse público, com tutores especiais, etc. Isso promoverá a interação ainda maior desse público com o seu esporte.

Faça com todos os participantes do evento se sintam em casa e entre amigos!

#07 Busque patrocinadores engajados na causa

Você pode, para aumentar ainda mais a inclusão e a relevância da causa dentro do seu evento, buscar patrocinadores que estejam engajados nessa causa social.

Procure por marcas que tenham relação com esse universo e que estejam interessadas em um bom relacionamento com esse público.

Dessa forma, todos os lados saem ganhando. A marca que conquista o seu público, você que conquista um novo parceiro para conseguir realizar seu evento e o público com algum tipo de deficiência que poderá se sentir ainda mais incluso no evento, com marcas que se preocupam com o seu bem-estar.

#08 Faça uma pesquisa com o público PcD

Antes do evento seria interessante que você buscasse conhecer um pouco melhor o perfil do seu público. O que eles esperam? O que pode ser feito para que eles tenham máximo conforto e autonomia? Quais são as experiências anteriores em outros eventos?

Essa busca irá facilitar sua compreensão sobre o que precisa ser feito em seu evento para levar o máximo de comodidade para essas pessoas.

Após o evento você pode coletar novas informações, o feedback desse público sobre seu evento e onde você errou e acertou, para melhorar ainda mais a experiência em novos eventos que for organizar.

Notebook com tela de gráficos aberta

... Um bom e acessível evento para você!

Está vendo como não é nada difícil, nem caro e muito menos complicado promover um evento inclusivo? Além de ser uma questão importante para valorizar seu evento e torná-lo um evento feito para todas as pessoas, aumentando o alcance e a credibilidade da sua marca.

E aí, como você tem promovido a inclusão em seus eventos? Você se preocupa com essa questão? Conte pra gente aqui nos comentários a sua experiência lidando com o público que possui algum tipo de deficiência!

0 visualização0 comentário

(35) 3261-1073

(35) 3261-4353

(35) 9.8891-0000

contato@uniarttrofeus.com.br

  • Facebook
  • Instagram
Vamos tomar um café?

Rua Toledo Piza 653 Centro

Campanha MG Cep 37.400-000

Grupo Urias & Urias Ltda. • CNPJ.12.279.099/0001-91