Conquistas na História: Da obesidade mórbida às ultramaratonas

No mês do trabalhador decidimos contar a história de um cara que não brinca em serviço. Jean Nogueira, que do estágio de obesidade mórbida passou a ultramaratonista. Uma história de muita superação, dedicação, esforço e paixão, sobretudo, pela vida.

Com certeza, você vai se emocionar e se inspirar com o relato do Jean, que nos contou com detalhes como foi essa transformação radical em sua vida.

Jean conta suas histórias em forma de crônicas e cada ultramaratona que já disputou se tornou uma crônica inspiradora. Aqui nós vamos mostrar o relato da sua transformação, seus primeiros passos na corrida e como passou a ser conhecido como “Jean Monstro”.

Jean na chegada de uma corrida com a medalha na boca

Está preparado para essa história? Então, vamos conhecer mais uma conquista que nos levará a entender, cada vez mais, o poder do esporte de mudar (e salvar) vidas.

O título desse texto, que relata com detalhes toda sua mudança, é 10 ANOS DE UM MILAGRE.

“21/7/2008 - 21/7/2018

Há mais de 10 anos, em uma quinta-feira, quatro dias antes do meu aniversário, acordei com uma só frase na cabeça: Vou mudar!

Ninguém, nem eu mesmo, acreditava no que iria acontecer daquele dia em diante na minha vida! Quase 200 kg, obesidade mórbida, pressão alta, articulações comprometidas, sedentário, estressado... Enfim, uma bomba prestes a explodir! Mas acho que DEUS me deu uma última chance, só ELE não desistiu de mim!

No começo a dificuldade da Dieta, a desconfiança dos mais próximos, as tentações, tudo parecia conspirar para que eu desistisse! Você passa a ter apenas DEUS, sua família e alguns poucos amigos do lado! Mas engraçado que aos poucos, muito lentamente, a evolução e a mudança vão sendo perceptíveis a todos! De humilhado você passa a ser respeitado!

Os quatro estágios:

Negação (Ah, ele nunca não vai conseguir)

Dúvida (Será que ele vai conseguir?)

Admiração (Como ele conseguiu?)

Inspiração (Se ele conseguiu, eu também consigo!)

Fotos de Jean antes e depois de se tornar um atleta

Onde quer que eu chegue ou passe, esta sequência se repete.

Não é um caminho fácil, pelo contrário, é doloroso, sacrificado, até porque, nessa trajetória não houve cirurgia, remédios milagrosos, chás poderosos, gel redutor, nada! Somente reeducação alimentar, atividade física, acompanhamento de anjos transformados em Nutricionista e Educadores Físicos! Mas posso garantir, não é o mais suave dos meios, mas é o mais prazeroso!

Muita coisa aconteceu nesse tempo! Altos (poucos) e baixos (muitos) da vida sempre interferem nas suas escolhas. Uma grande tragédia me abalou muito, que foi a perda de minha mãe! Quase voltei ao fundo do poço, mas felizmente mantive a fé e procurei seguir o foco de levar uma vida mais saudável!

Toda decisão implica necessariamente em agradar e desagradar alguém! Muitas vezes abri mão de alguma coisa, algumas pessoas, inclusive! Errei também com essas pessoas, e esse é um momento de pedir desculpas! Se estiverem lendo, espero que me perdoem! Sou humano, não sou perfeito!

Agora posso ter um corpo diferente, mudei por fora, mas a essência, o interior, continuam os mesmos! Talvez isso explique um pouco o motivo de nunca ter desistido! Ser do bem, fazer o bem, sempre atrai coisas boas e principalmente, pessoas boas para o seu convívio!

Somente uma coisa adquiri mais que tudo. Resistência.

Mudanças de cidade, estados, solidão, saudade, incertezas, traições, decepções, nada disso foi capaz de abalar a minha fé e minha determinação.

Conheci o MuayThai, a arte das 8 armas, me apaixonei pelo esporte! Busquei conhecimento, evolução! Ainda não estou no patamar que almejo, mas continuo na busca! Serei sempre um Nak Muay.

Comecei a correr! 5km, 10km, 21km, 25km, Maratona!

Uma das maiores alegrias que tive na vida foi cruzar a linha de chegada no Rio de Janeiro em 26/07/15! Me tornei Maratonista! Abraçar minha família, meu Mestre após a chegada! Minha irmã e eu chorando abraçados! Só nós dois sabemos o que eu falei naquele instante! O ápice da reconstrução, da renovação!

Vieram as provas internacionais! A realização do sonho antigo de viajar para fora do país! De repente o menino da Vila Ventura, de infância pobre, porém muito digna, de adolescência e vida adulta reclusa e mascarada no mundo da obesidade, tornava-se um Major Marathoner, um corredor de uma das seis maiores provas do planeta, a mais rápida das Maratonas.

25/09/16, Lá estava eu cruzando o Portão de Brandemburgo em uma Major Marathon. A única construção capaz de resistir ao bombardeio de duas guerras mundiais. Sem dúvidas o maior símbolo de resiliência que eu conheço. Corri a prova que teve o segundo melhor tempo da história, apenas com cinco segundos de diferença para o recorde mundial. Estava lá. Vivi esse momento! Fiz parte. De repente sentado no Teargarten, de frente pro Parlamento Alemão, um filme passou na minha cabeça. A família, os mestres, os amigos, os colegas que acompanham a trajetória. Por que eu Senhor? Que missão é essa? O que foi que eu fiz aqui hoje? Longe de tudo, de todos, sem conhecer ninguém, sem falar o idioma? Eu, Senhor? Por que Eu?

Não encontrei até hoje as respostas para meus questionamentos, porém, a vida segue. Impreterivelmente, segue.

Conciliar o prazer (e muitas dores também) da corrida, talvez tenha sido a melhor das ideias que tive na vida! Ter uma vida profissional, muitas vezes agitada e que consome muita energia, é uma engenharia diária e desgastante, mas necessária. Agradeço a DEUS por proporcionar, pela força e suor do meu trabalho e ajuda imprescindível da minha família, do amor, da torcida, apoio incomensurável da minha amada Brenda Petruska, essas experiências! EUTROCINIO sempre!

Devido a essas façanhas, me tornei O MONSTRO! A alcunha em nada tem de agressivo ou pejorativo. É Apenas uma forma que os amigos encontraram de personificar a dedicação, empenho e entrega que tenho que fazer para completar cada desafio. Por diversas vezes foi um: “Vai Monstro” que me deu forças para seguir em frente!

Jean em mais uma corrida com a medalha na boca

Quem diria que o Obeso Mórbido iria se tornar ULTRAMARATONISTA? Que estaria às vésperas de correr a sua 11ª Maratona? Que teria feito 4 Lutas Amadoras de K-1?

Não sei porque eu, não sei se mereço tanta misericórdia. Só DEUS mesmo para fornecer o entendimento necessário.

Por fim, aqueles que eu não pude ajudar mais, seja por minha incompetência, por falta de preparo, tempo, distância, minhas humildes desculpas! Aos anjos que me ajudaram até aqui (alguns deles imprescindíveis), meu maior, melhor e mais sincero Muito Obrigado!

Vem muito mais pela frente! Que venha mais uma vez a Floresta de Concreto e Aço! Celebramos o renascimento, os 10 anos de vida, no dia 29/07/18.

Emagrecer é difícil! Fazer dieta é difícil! Praticar Atividade Física é difícil! Ser Gordo é difícil! Escolha o seu difícil!

Muitos querem, poucos tem coragem!

Houve um dia em minha vida que só me restou a minha fé! Foi suficiente!

... Quanta força de vontade!

Essa foi a história da transformação da vida do Jean, que encontrou no esporte uma forma de vencer a obesidade e de se tornar, além de mais saudável, uma pessoa mais feliz.

E seus sonhos não param. Inclusive, Jean agora está escrevendo um livro, contando tudo que passou para chegar até onde chegou.

Vocês podem conferir essa e outras histórias inspiradoras sobre o Jean Monstro clicando aqui.

Jean antes e depois de se tornar um atleta

E aí? Gostou do Conquistas na História do nosso mês de maio? Comenta aqui embaixo e deixe sua mensagem para o nosso Monstro.

0 visualização0 comentário

(35) 3261-1073

(35) 3261-4353

(35) 9.8891-0000

contato@uniarttrofeus.com.br

  • Facebook
  • Instagram
Vamos tomar um café?

Rua Toledo Piza 653 Centro

Campanha MG Cep 37.400-000

Grupo Urias & Urias Ltda. • CNPJ.12.279.099/0001-91